Mergulhar é uma prática muito prazerosa, que aproxima ainda mais você do ambiente aquático e da natureza .

A atividade no entanto exige cuidados especiais uma vez que se esta em uma ambiente que que nosso organismo não esta acostumado.

Você como mergulhador deve se manter sempre atento, não somente por você, mas também pelo seu dupla, já que a comunicação debaixo da água é  difícil.

Essa falta de comunicação é um dos principais motivos pelo qual você deve sempre se manter em alerta ao mergulhar, já que seu parceiro pode ser acometido por algum mal súbito sem que você perceba.

Conhecer bem os sinais do mergulho é de extreme importância por isso mantenha-se atualizado com seu manual.

Além sa atenção ao dupla dentro da água também é preciso saber como prestar os primeiros socorros fora da água e

aqui estão algumas situações e dicas de como se comportar .

Primeiros socorros na doença descompressiva

A doença descompressiva é um dos principais males que podem acometer um mergulhador, já que está relacionada a pressão atmosférica  sobre nosso organismo.

Ela ocorre quando o mergulhador não consegue eliminar o nitrogênio absorvido durante o mergulho de forma eficaz. Isso faz com que haja um surgimento de bolhas no corpo, além de gerar outros problemas de saúde.

O nitrogênio está presente de forma natural no ar que respiramos, no entanto no momento da descida, o mergulhador é exposto a pressões muito maiores do que estamos habituados. Essa pressão, faz com que a quantidade de nitrogênio absorvida pelo corpo aumente de forma considerável a cada metro decido.

É por este motivo que o mergulhador deve realizar a subida de forma gradativa, para acostumar novamente o corpo a pressão normal e ir liberando o nitrogênio. Também, é este o fator pelo qual não é recomendado a prática de vários mergulhos ao longo do dia. Os sinais da doença descompressiva surgem rapidamente, sendo facilmente de serem identificados.

Os primeiros socorros
Assim que identificado que o mergulhador está sofrendo da doença descompressiva os primeiros socorros devem se iniciar ainda no local e não esperar até chegar a uma unidade de saúde.

Um dos passos mais importantes aqui é deitar o mergulhador em uma posição confortável e que o mesmo respire sem dificuldades. Se o mergulhador se encontrar inconsciente, você deverá mantê-lo de lado para evitar a aspiração de vômito.

O uso de oxigênio é fundamental nos primeiros socorros da doença descompressiva, já que este ajuda a eliminar o nitrogênio do organismo. Nestes casos, deve se usar uma unidade de oxigênio que fornece 100% do gás.

É por este motivo, por questões de segurança que você deve sempre levarum tanque de oxigênio , para os casos de emergência.

Mergulhadores acordados, acometidos pela doença descompressiva devem ser mantidos sempre bem hidratados com isotônicos, pois a ingestão de líquidos também auxilia na eliminação do nitrogênio.

Também é fundamental manter o mergulhador aquecido, desta forma tenha sempre um cobertor em seu barco. Os primeiros socorros da doença descompressiva são necessários para que o mergulhador chegue estável a um posto de saúde e receba por fim os cuidados necessários para reverter o quadro.

Primeiros socorros na hiperdistensão pulmonar

A hiperdistensão pulmonar ocorre quando o mergulhador sobe sem respirar corretamente utilizando ar comprimido. Ela também ocorre quando o mergulhador realiza a subida muito rapidamente ou quando está com algum problema respiratório.

A hiperdistensão pulmonar causa um aumento do tamanho dos alvéolos, que podem acabar se rompendo. Esta doença acarreta uma série de consequências graves ao corpo do mergulhador como embolia aérea, pneumotórax e enfisema subcutâneo.

Ao contrário da doença descompressiva onde o mergulhador ainda consegue se manter acordado, na hiperdistensão pulmonar isso já não acontece. Faltando oxigênio no cérebro, a perda de consciência é certa, além de problemas circulatórios gravíssimos e nos casos mais graves até mesmo pode acontecer parada cardíaca.

 

Os primeiros socorros
Assim como na doença descompressiva o mergulhador acometido pela hiperdistensão pulmonar deve receber os primeiros socorros ainda no barco.

É preciso entender que em ambas as doenças os primeiros socorros são idênticos, e o que irá determinar a eficácia do mesmo é o tempo que levará para este ser iniciado. O uso de oxigênio é fundamental, pois como os pulmões estão comprometidos é preciso manter a oxigenação cerebral estável.

Ainda é preciso que você ou sua equipe de mergulho saibam técnicas de ressuscitação, já que a hiperdistensão pulmonar pode ocasionar parada cardíaca.

 

Kit de primeiros socorros para mergulhadores
Todo mergulhador deve possuir um kit de primeiros socorros em seu material de mergulho, uma vez que a prática se realiza longe da costa e é preciso estar preparado o tempo todo. Quando mais longe ou isolado for o local que você irá mergulhar, mais completo deverá ser o seu kit de primeiros socorros.

Este deve possuir materiais para tratar cortes, arranhões, queimaduras e claro oxigênio extra para socorrer previamente a doença descompressiva e a hiperdistensão pulmonar.

Saiba que o excesso de nitrogênio no organismo não é o único mal que pode ocorrer a um mergulhador. Este pode se cortar ou se queimar com o sol e até mesmo ser atacado por algum animal marinho, e seu kit deve estar preparado para isto.

 

Mantenha sempre a calma

Assim como falamos no início no texto, você como mergulhador deve possuir nervos fortes saber reconhecer situações de perigo previamente entre você ou sua dupla.

É fundamental que se mantenha sempre a calma, principalmente embaixo da água, já que a respiração irregular pode ser fatal. Diante de uma situação de perigo ou estresse, se concentre na sua respiração e tente encontrar a melhor solução para o seu caso.

É por este motivo que o preparo emocional de um mergulhador é tão importante, uma vez que se não estiver preparado, talvez seja melhor você adiar o mergulho.

Se preparar bem fazendo um bom curso de mergulho  é fundamental.

Muitos mergulhadores de temporada acabam esquecendo dos procedimentos por isso é importante se manter atualizado .

Também é importante que você sempre cuide bem do seu equipamento, evitando que ele fique gasto. Conferir seu estoque de oxigênio é outro fator crucial nos primeiros socorros, já que este pode te ajudar a resolver os principais problemas que podem acarretar a um mergulhador.

Na Loja Outside você encontra todo uma linha profissional em equipamentos de mergulho de ótima qualidade e que garantir maior segurança ao mergulhador. Prezar pela qualidade do seu equipamento é outro fator que evita acidentes de mergulho e garantirá que os primeiros socorros não sejam necessários.

Siga nossas redes sociais: