A pesca submarina é uma atividade baseada em caçar peixes utilizando técnicas de mergulho livre, conhecido como apneia. A prática vem atraindo muitos adeptos, e, por isso, selecionamos algumas dicas de segurança na pesca submarina para que você possa praticar o esporte.

Algumas pessoas realizam o esporte através do mergulho autônomo, utilizando equipamentos que permitam a respiração em baixo d’agua. Entretanto, essa prática é proibida no Brasil. Por isso, opte sempre pelo mergulho livre.

No país, o esporte ganhou força em 1990, com a fundação da Confederação Brasileira de Caça Submarina, que além de definir regras, também difundiu o esporte através de competições. Essa prática é regulamentada também pelo IBAMA e pelo Ministério do Turismo e Esporte.

Para quem deseja começar o esporte, saiba que no Brasil é necessário que o atleta tire uma licença para pesca amadora.

Alguns estudos apontam que esse tipo de esporte é o que menos causa impacto ambiental, caso seja praticado em apneia, ou seja, sem equipamentos de respiração e faroletes. O impacto também é menor porque o caçador pode selecionar o peixe que irá caçar, podendo deixar de fora as espécies que estão em extinção.

Oito dicas de segurança na pesca submarina:

#1 Atenção nos equipamentos

Em todo esporte, existem equipamentos. Por isso, a primeira entre as dicas de segurança na pesca submarina é o uso dos equipamentos obrigatórios.

Utilize nadadeiras para facilitar o mergulho. Geralmente, as mais utilizadas na pesca submarina são as opacas e escuras, que facilitam a camuflagem. Opte por nadadeiras mais longas, para que a água não fique tão agitada e não afaste os peixes.

A boia de sinalização é um item indispensável. Isso porque é o meio mais eficaz de sinalizar para outros pescadores e embarcações que existe um mergulhador naquele local. Isso evita possíveis atropelamentos e acidentes, e também serve para pendurar equipamentos utilizados durante o mergulho.

A faca também é uma das dicas de segurança na pesca submarina. Isso porque ela pode ser utilizada em situações emergenciais. Esse equipamento também ajuda os caçadores ao capturar os peixes, que costumam se debater ao serem capturados.

Se você observar, todos os mergulhadores possuem uma máscara de mergulho com a lateral mais escura. Ela facilita na hora de descompressão da face e do ouvido.

Como se trata de um esporte que necessita de camuflagem e acontece em temperaturas mais amenas, é preciso utilizar uma roupa de neoprene (ou roupa de borracha), que evita que o corpo perca calor durante o mergulho prolongado. Essa roupa também evita a hipotermia e protege a pele de possíveis perigos que o fundo do mar oferece.

O respirador, conhecido como snorkel é o único permitido no mergulho livre. Ele é um tubo com cerca de trinta centímetros, que contém um bucal. O mergulhador consegue respirar pela boca, sem levantar a cabeça da água. Isso garante que o atleta consiga passar mais tempo dentro da água sem prejudicar a saúde

#2 Esteja acompanhado de alguém com experiência

Todo mergulhador costuma ir acompanhado durante a caça. Caso você seja iniciante, procure alguém que já tenha experiência em caça submarina. Além de poder ajudar em situações emergenciais, essa pessoa irá lhe passar os conhecimentos necessários para que você pratique o exercício de modo certo.

Provavelmente essa pessoa também passará mais dicas de segurança na pesca submarina, dando a possibilidade de você se tornar um atleta profissional.

#3 Não se arrisque

Mesmo que você esteja habituado naquele local, não se arrisque. Tenha em mente que no fundo do mar, qualquer situação emergencial pode acontecer.

Por isso, se você realizar extravagancias e exigir muita força do seu corpo, caso aconteça algum problema, você não terá força suficiente para retornar à superfície.

#4 Descanse e se alimente

A pesca submarina é um esporte que exige força do corpo e da mente. Mesmo não parecendo, você utiliza muitas calorias e acaba desidratando sem perceber.

Realize pausas a cada duas horas de mergulho para se alimentar e beber água. Se possível, prefira alimentos mais leves como frutas e lanches naturais, para que o estomago não fique pesado durante o mergulho.

#5 Não incline a cabeça na descida e subida

Essa é uma das dicas de segurança na pesca submarina que você mais irá ouvir. Ao subir, evite inclinar a cabeça para cima. A mesma regra se aplica ao descer. Isso porque, ao inclinar a cabeça, você pode dificultar o hidrodinamismo e reduz o fluxo de sangue no cérebro. Inclinar a cabeça também aumenta a pressão de O2 nos pulmões.

Também evite realizar imersões com os pulmões sem ar. Essa técnica só é usada em situações específicas por atletas preparados.

#6 Não realize mais de dois mergulhos profundos

Esse item entra diretamente com o número três dessa lista de dicas de segurança na pesca submarina. Quando você realiza um mergulho profundo, você exige do seu corpo mais força e um funcionamento diferente.

Por isso, não é indicado que você realize mais de dois mergulhos profundos no mesmo dia, já que você pode sobrecarregar seu organismo e, numa situação emergencial, não terá força e atenção necessária.

#7 Nada de álcool ou drogas

A pesca submarina é um esporte que exige plena concentração e atenção.  Ao utilizar bebidas alcoolicas ou entopercentes, você perderá sua capacidade total de concentração e de movimentação rápida, sendo arriscado para você e para seu acompanhante.

Assim como em qualquer outro esporte, as dicas de segurança na pesca submarina sempre irão lhe alertar para estar cem por cento atento.

Também evite realizar mergulhos se estiver gripado ou congestionado, já que terá maior dificuldade para respirar e sobrecarregará os pulmões.

 #8 Fique atendo as leis do país

Apesar dessas dicas de segurança na pesca submarina serem mais gerais, cada país tem suas próprias dicas e regras. Por exemplo, em outros países, os usos de equipamentos para respiração aquática são permitidos. Todavia, no Brasil e na Austrália esses equipamentos são de uso ilegal.

Outro ponto é a licença para pesca amadora. Em alguns países, esse certificado não é obrigatório. Já nos territórios brasileiros, só pode mergulhar quem tiver a documentação.

Procure também pesquisar as condições do mar, avaliando a previsão do tempo e as possíveis alterações climáticas. É claro que, caso você conheça alguém, ouvirá mais dicas de segurança na pesca submarina. Em suma, selecionamos as principais para que você possa realizar o esporte com qualidade e sem riscos.

 

Siga nossas redes sociais: